Você está aqui
Home > Edição > Bike Fit não é apenas um procedimento comum

Bike Fit não é apenas um procedimento comum

Há tempos se fala em Bike Fit, mas nem todos conseguem entender a gravidade do assunto.
Bike Fit na verdade é adequar (ajustar) a Bike para o biotipo do ciclista!! Conversamos com nosso amigo e parceiro Betão para poder entender melhor o que é? Quais os riscos de qualquer pessoa fazer o procedimento e a importância de fazer corretamente.

Betão como é conhecido no ciclismo, é fisioterapeuta há 20 anos e entrou no ciclismo há 3 anos em virtude de um infarto. Uniu a formação acadêmica com a paixão pelo ciclismo e consequentemente a carência de um bom Bike Fit em Itaperuna e região.
“Durante o Bike Fit são realizados vários procedimentos tais como:
*Anamnese que seria a entrevista clínica;
*Exame Físico, onde o Bike Fitter verifica se o ciclista tem encurtamentos, lesões desvios, fraqueza muscular, dores, etc;

  • Demarcação de pontos anatômicos específicos para captação de imagens durante a pedalada;
    *Regulagem dos Taquinhos da Sapatilha através do ajuste do neutral de acordo com posicionamento dos pés. Após todos esses procedimentos coloca-se o ciclista no rolo com sua bike e realiza-se a filmagem para averiguação dos ângulos, logo após são feitas as correções na bike com as indicações clínicas adequadas). Basta uma sessão para que as dores ou incômodo durante a pedalada sejam resolvidos, com o resultado na hora a pessoa tem os resultados de como proceder para um melhor desempenho. Este BIKE FIT leva o nome de 2 D DINÂMICO, pelo fato de realizar toda análise da pedalada em movimento e em conjunto com as informações clínicas do ciclista.
Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

Topo
%d blogueiros gostam disto: