Você está aqui
Home > Edição > O ano de 2020 foi o melhor da história para as bicicletas na Europa

O ano de 2020 foi o melhor da história para as bicicletas na Europa

O mercado de bicicletas nos 27 países da União Europeia e no Reino Unido teve um crescimento de 40% nas vendas de 2019 para 2020. Foram 22 milhões de bicicletas convencionais e elétricas vendidas e um faturamento de 18,3 bilhões de euros (R$ 112,59 bilhões). Recorde histórico dos últimos 20 anos, desde que esses números passaram a ser consolidados, em 2001.

Dentre os motivos para o crescimento, o boom na demanda de consumidores, investimentos em ciclovias e compromissos políticos para uma economia verde no continente.

Chama atenção ainda o capital investido pela indústria, 1,5 bilhão de euros (R$ 9,14 bilhões) em 2020, aumento de 50% em relação ao 1 bilhão de euros (R$ 6,10 bilhões) investidos em 2019. Esse aumento ajuda a explicar a produção doméstica cada vez maior de bicicletas e componentes, em especial bicicletas elétricas.

O valor de mercado da produção doméstica de bicicletas e componentes chegou aos 3 bilhões de euros (R$ 18,29 bilhões). A expectativa agora é que a produção doméstica alcance os 6 bilhões de euros (R$ 36,58 bi) até 2025. Além disso, das 4,5 milhões bicicletas elétricas vendidas no Reino Unido e UE, 3,6 milhões (cerca de 80%) foram produzidas no mercado interno.

Leia os dados completos sobre o mercado europeu de bicicletas em 2020: https://bit.ly/EuropaBicicleta2020

Parceria: aliança bike / Imagem: divulgação da internet

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta

Topo
%d blogueiros gostam disto: