Rony Peterson é um de nossos personagens do esporte nesta edição. O atleta de 28 anos pratica ciclismo desde os 13 e tem em seu pai o espelho para o esporte. Rony é mais um dos muitos atletas talentosos que estão em busca de uma oportunidade numa grande equipe. Hoje ele treina todos os dias, e faz parte da equipe Fênix de Ciclismo. Já foi campeão em diversas corridas, mas os caminhos tortuosos e a falta de patrocínio ainda são obstáculos para esse talentosíssimo atleta. Acompanhe um pouco da trajetória de Rony Peterson, do Rio de Janeiro.

“Aos 11 anos eu resolvi que queria competir. Mas meu pai disse que só me levaria quando eu fizesse 13 anos. Meu pai vendeu uma MTB que tinha e comprou pra mim o que ele chamava de Caloi 5, era tipo uma Caloi 10 da época.
Ele me levou para uma corrida em Valença-RJ e estreei vencendo, colocando uma volta no pelotão. Dos 13 aos 18 anos foram vários títulos, vitorias e pódios. Deixei o trabalho na oficina com meu pai e fui à busca de mais…
Fui trabalhar como promotor de merchandising e acabei parando por dois anos! Após esse período, corri três provas chegando em 8º, 2º e 1º lugares respectivamente batendo no sprint o campeão carioca da época e atleta da única equipe profissional do estado, equipe da qual fui atleta antes dela chegar a tal nível, inclusive a qual defendia no ano que parei.
E foi aos 23 que entrei pra minha primeira equipe profissional um dia depois de realizar o sonho de competir a Copa América pela primeira vez.
Hoje trabalho como representante comercial e estou num projeto maravilhoso que é a Equipe Fenix Ciclismo! Contamos com os mais tops equipamentos da Polar, toda a estrutura de segurança especializada no apoio ao socorro de atletas da My Safe Sport inclusive seguro de vida, o apoio midiático de imensurável valor da Revista Bike & Vida, o acompanhamento da Nutricionista Samara Plentz, e demais parceiros que nos acompanham”, disse Rony Peterson.

Artigos semelhantes

Deixe uma resposta